domingo, 17 de abril de 2011

Marvel Super Heroes: War of the Gems (SNES)


"6 Gemas.... as 6 Gemas do Infinito, controlam as 6 forças responsáveis pelo Tempo, Espaço, Poder, Realidade, Mente e Alma... Dizem que quem tiver as 6 Gemas, será dono do Universo. Alguém já começou a caçada pelas Gemas, se ele tiver êxito, o universo todo entrará em uma nova era de destruição e ruínas."

Com essa introdução, Adam Walock invoca os mais poderosos guerreiros da Terra, que prontamente atendem o chamado. As 6 Gemas acabaram por cair no planeta Terra (sempre ele) e a busca está iniciada. O supercomputador de Tony Stark localizou as danadinhas em vários lugares do planeta, inclusive em nossa floresta Amazônica. Tendo uma história bacana, será que um jogo onde vários heróis estão presentes realmente fez a diferença na época? É o que vamos ver...


Marvel Super Heroes: War of the Gems é um beat'n up diferente, um jogo feito pela Capcom com os heróis Marvel distribuindo porrada gratuita. O game é basicamente em 2D, ou seja: ele não tem profundidade, apesar de ser um jogo de "lutinha de rua". Algumas vezes até plataformas para saltar aparecem, diversificando bem a ação do título. Diferente do desgraçado "The Avengers", esse aqui tem algumas coisas boas que deveriam ser seguidas, enquanto outras poderiam ser abolidas.

No jogo, ao começar uma fase, podemos escolher entre Spiderman, Captain America, Wolverine, Hulk e Iron Man. e Com tantos heróis à disposição, a Capcom foi inteligente em diversificar entre eles, mantendo algumas habilidades básicas que fazem toda a diferença em algumas fases. Por exemplo, Wolverine consegue escalar facilmente paredes, enquanto Spiderman é muito mais ágil e Hulk é.... bom, o negócio do Hulk é esmagar os inimigos. Depois de escolher o personagem, pode-se usar algum item para repor energia, equipar as gemas e quantas vezes poderá usá-las. De início são 4 estágios, sendo que, mais adiante, esse número pode dobrar. As fases são temáticas e, como eu disse, alguns personagens podem ser o ponto chave para vencê-las.

os heróis do jogo

Além das habilidades exclusivas, ao coletar as tais gemas, dá pra usar poderes especiais como  ficar mais rápido, soltar rajadas mais potentes e destruir inimigos muito mais facilmente. A maior diferença é sentida quandos e resgata a gema do tempo, que deixa os personagens muito mais ágeis ao ser equipada. Iron Man e Captain America, por exemplo, sem a gema são mais lentos que lesma manca, mas ao equipá-la, os caras viram uma máquina de socar e chutar. Como são várias gemas, os poderes são os mais variados possíveis. O único revés disso tudo é acertar o comando para fazer uso das mesmas. Tal comando é secreto, mas com uma pesquisa rápida no Google é possível achá-lo facilmente. Não entendo o porque de dificultar tudo, Capcom maldita...

Captain America com problemas de infiltração, 
enquanto Iron Man descarrega sua fúria nas fuças de uma She-Hulk

Em se tratando de controles, o jogo é um pouco travado, os personagens são meio duros de controlar, mas nada que não se acostume. Alguns inimigos dão trabalho justamente por conta disso, acertar uma voadora ou soco pode ser um sacrifício enorme em algumas situações. Some à isso o fato de não carregar consigo os itens de cura, e terá um game no qual as fases deverão ser jogadas do começo ao fim com a mesma barra de energia, praticamente.

Wolverine com sua mania de destruir coisas!
ao lado, usando seu especial, o qual eu não faço a menor idéia de como saiu...

Apesar da dificuldade (80% por conta do controle), o jogo é bacana e diverte. O lance de ter à disposição vários personagens da Marvel é um atrativo à mais, mesmo que alguns sejam meio inúteis (alguém aí falou no Hulk? Mas foi com ele que destruí a primeira forma de Dr. Doom...). O comando para eles é quase o mesmo, variando entre meia lua pra frente mais o soco (para atirar com Iron Man, por exemplo) até mesmo dois toques pra frente mais botão de ataque, para soltar o disco do Captain America.


Em suma, apesar de soar datado e ter controles duros, Marvel Super Heroes: War of Gems acaba divertindo os que procuram alguma variedade em jogos de super heróis. Não é todo game que lhe permite controlar tantos personagens assim.

o menu para equipar os personagens e Wolverine ensinando bons modos ao Blackheart!

Resumão:
+ gráficos legais;
+ vários personagens à escolha;
- controles ficaram devendo;
- um jogo lento de natureza;
- alguns comandos são difíceis de realizar;

Final Score: 6.5

14 comentários:

  1. Ate´que e´um bom jogo viu peca mesmo nos comando como o Cosmão disse ai .

    ResponderExcluir
  2. Olha parabéns pela resenha e coragem de jogar. Você foi até bem razoável na pontuação. Esse jogo é muito ruim de controlar os personagens. Joguei duas vezes mas nunca fui muito longe pq a jogabilidade é confrontável... infelizmente

    ResponderExcluir
  3. @Aki é rock
    Se tivesse um controle mais firme, o jogo ficaria bem melhor.

    @Marcel
    Eu só fui mais longe por conta da gema que deixa o personagem 2x mais rápido. Isso dá uma melhorada e tanto no game.

    ResponderExcluir
  4. Engraçado, não sei se é pelo fato de me adaptar mais facilmente a beat'em ups mais lentos ou a controles um pouco mais duros (não me perguntem o porquê disso, rs), mas eu não vi nenhum problema nisso. Lembro até que eu consegui zerar o jogo assim que ele foi lançado (inclusive antes mesmo de sair na Ação Games na época) e recentemente também não senti muitas dificuldades.

    Mas entendo perfeitamente quem achou os controles chatos de controlar...

    ResponderExcluir
  5. Coincidencia ou não eu tinha zerao esse jogo na sexta-feira kkk boa .. só faltou uma coisa... o especial é cima + cima direita + direita + baixo direita + baixo

    é tipo um Hadouken de cima pra baixo ^^

    boa matéria ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu sior,tava procurando a um tempo kkkkjkkkkk

      Excluir
  6. minha opinião : é um X-men mutant apocalypse BEM piorado, mas ainda um bom jogo. Falarei com mais detalhes em breve na parte 6 do meu especial sobre super-heróis.

    ResponderExcluir
  7. Na verdade o especial das gemas é:
    cima+direita+baixo. Como se fosse um hadouken de cima pra baixo.

    ResponderExcluir
  8. Pow tentei fazer o dia inteiro dos 2 jeitos e não consigo usar essas porcarias de gemas G, certeza que é assim que faz o especial?Como o autor disse "maldita capcom que complica as coisas", é por isso que prefiro os jogos de luta da geração 32 bits para frente que são mais fácil de jogar

    ResponderExcluir
  9. Que isso Cosmão nota baixa pra um jogaço destes. Jogo excellente na jogabilidade, e os golpes são de boa para se fazerem, clássico do Super Nintendo no seu fim de vida!!

    ResponderExcluir
  10. Alguém sabe como faz o especial do Iron Man?

    Aliás,umas dicas para ele!
    ↓→+Soco=Laser (Funciona também quando pula e faz o movimento)
    ↑↑↓↓+Soco=Peça que explode--algo assim-- (Forte)

    Eu fiz o especial dele já 2x mas não sei como =/

    ResponderExcluir
  11. Ja devo ter zerado esse jogo umas 30x mas a única coisa que eu não sei, é como o Iron man solta o poder laser para baixo tipo aqueles 3 iron man's falsificados que vocês pegam na fase se alguem souberme da a dica ai ^^
    o especial é valido para qlqr um ↑→↓ treina com o spiderman fica ne um lugar onde não tem ninguem pois o especial do homem aranha não gasta a gema dai se pode dar o tempo todo pra treinar

    dica: para quem conseguil soltar o atq do wolverine tipo "Ronhuquem" →↓→ + soco.

    o Hulk tb tem um ataq tipo assim dando 2 hit's >.<'

    Captan America: ↑↑ + Soco ele lança o escudo para cima, ↓↓ + Soco para baixo

    ResponderExcluir
  12. @Jean, eu lembro que fiz esse raio do Homem de Ferro pra baixo, mas não tenho ideia de como fiz isso (ou eu sonhei mesmo xD)

    Ealguém poderia, por favor me tirar uma úvida de décadas? Tem alguma fase secreta no Vesúvio e no Alaska? Porque no Vesúvio, quando você sai da floresta e vai cair no vulcão, se for com Homem de Fero ou Homem Aranha, sempre que der aquele voo ou usar a teia pra ir bem longe, tem uma plataforma que eu nunca consegui alcançar, por mais que tentasse, nem com a Joia do Tempo. Já a fase do Alaska... pra quem pegou o jogo com a capa, no verso, tem uma área que simplesmente não existe em qualquer parte conhecida e eu sei que no início da fase dá pra ir por cima da montanha pra chegar mais rápido, só nunca consegui encontrar a área que fica no verso da capa do cartucho se alguém conseguir me sanar essas dúvidas, eu agradeço xD

    ResponderExcluir
  13. Nunca achei duro os comandos. Acho um excelente game, a sacada é saber usar com sabedoria as jóias do infinito. Eu virei esse game aí no console e com 8 anos de idade.

    ResponderExcluir