terça-feira, 6 de novembro de 2018

The Guardian Legend (NES)



A Compile sempre foi reconhecida por fazer ótimos jogos de navinha, ou, shoot'em ups (famosos shmups).  Apesar de seu foco sempre ter sido esse gênero, a mesma arriscou em outras vertentes, mas sempre mantendo uma coisa acima de tudo: qualidade, seja visual, seja nos controles e seja, principalmente, na trilha sonora de seus jogos. Eu conheci a produtora através do ótimo Golvellius, em sua versão para Master System. Desde então, principalmente com o advento da emulação e toda a facilidade em encontrar jogos e roms, pude acompanhar e conhecer outras jóias da produtora, principalmente fora do gênero unicamente de "navinha".

Golvellius é um desses jogos, mais voltado ao estilo "Zelda" de ser, mas sem perder o charme em sua trilha sonora e mantendo o DNA da Compile, ou seja: existem trechos que lembram bastante seus lendários jogos de nave. Golvellius é, pra mim, um dos melhores jogos de todos os tempos, então, imaginem a minha alegria em encontrar um jogo similar, mas sob outra temática e que possui genuinamente trechos de shmup em meio à exploração de terrenos a pé? Pois é disso que se trata The Guardian Legend, um jogo bastante esquecido, pouco conhecido e falado, o que é bem estranho nos dias de hoje, com o acesso facilitado que temos aos jogos e roms.


quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Jogos que Deveriam Ter Continuação - Volume 1



Com a nova onda de jogos antigos estarem retornando ao mercado, tanto em formato HD quanto em remakes e até continuações sonhadas, resolvi começar a fazer um catado de jogos que deveriam aproveitar o embalo e renascer em algum console. Sei que alguns registros anteriores não são lá grande coisa (o retorno de Golden Axe no X360, por exemplo), mas seria, no mínimo, interessante ver suas franquias mais velhinhas com uma roupa nova e em toda glória HD da geração atual.

Além de listar os jogos, resolvi também mostrar o que foi feito e o que andam fazendo sobre eles, pois muitos remakes estão em produção, principalmente feito por fãs. Espero que apreciem, pois os próximos volumes dependem da aceitação de vocês.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Guia de Conquistas Retroachievements: Sonic the Hedgehog (Master System)



E vamos para o segundo Guia de Conquistas Retroachievements, um guia básico, simples e rápido de como conseguir todas as conquistas de algum jogo do saudoso site Retroachievements. Neste guia de hoje, vou passar rapidamente os passos para conseguir, de forma rápida e prática, todas as conquistas do Sonic do Master System. Espero que apreciem a postagem e consigam aumentar seus pontos no RA de maneira justa e saudável!

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

HI-SCORE: 5 Jogos de Arcade para Pontuar



Na remota época dos videogames, uma prática bastante comum era você acumular pontos em jogos, principalmente de arcades, já que os consoles ainda não existiam. Fazer pontos e superar o adversário era muito mais importante do que, simplesmente, seguir com o jogo. Até porque, muitos jogos sequer tinham finais; quando tinham, eram uma simples tela travada com o seu... score.

Um tempinho atrás, eu criei vários eventos de HI-SCORE no nosso grupo de Facebook, com o intuito de resgatar essa modalidade tão saudável e que nos permitia conhecer muita gente. Existem muitos grupos que ainda vivem essa febre (além de sites inteiramente dedicados a colher pontuações e criar rankings), principalmente no estilo de navinha (shmup), mas, no Clube da Jogatina, entravam vários estilos diferentes (e sistemas diferentes também), para justamente variar a coisa. Infelizmente, como quase tudo na vida, isso aos poucos foi perdendo a graça e poucos eram os que ainda participavam, o que me fez desistir desse tipo de postagem, mesmo que momentaneamente.

E o que torna um jogo apto a ser disputado por pontos? São duas características simples e uma um pouco mais complexa, na minha opinião:

1 - ser divertido;
2 - zerar o score a cada ficha inserida;
3 - e a mais, digamos, complicada: não ter locais para "ordenha" de pontos, por exemplo, um jogo sem tempo onde você fica parado matando inimigos infinitamente;

Existem muitos jogos divertidos de se jogar para o MAME, mas que, infelizmente, não resetam seus pontos ao inserir fichas. As fichas são o limitador natural da pontuação, o que obriga o jogador a fazer e dar o seu melhor com uma única ficha. Existem jogos que não reiniciam o score com novas fichas, mas dão um jeito de marcar as fichas usadas na própria pontuação (Cadillacs & Dinosaurs faz isso muito bem mostrando as fichas usadas nos dois últimos dígitos do score).

Então hoje, no Shugames, eu resolvi destacar alguns bons jogos para pontuar e, quem sabe, deixar vocês com vontade de competir novamente. São jogos muitas vezes desconhecidos, com mecânicas simples e até inspiradas em outros clássicos. Eles fazem parte de uma antiga lista de jogos que eu tinha feito, com intuito de criar mais eventos futuros. A intenção é que este post acabe gerando outros futuramente, mas tudo vai depender se vocês gostarem da idéia. Com vocês, o especial 5 jogos de arcade para pontuar!

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Novidades do Retroachievements - Volume 1




E aqui estou de volta, com as novidades do site Retroachievements! Como eu disse no último post sobre o assunto, a idéia era trazer posts semanais sobre os jogos que entravam no site (ou seja, que ganhavam conquistas), mas, como dá um certo trabalho e me pareceu que nem todos gostaram muito, resolvi reformular a idéia e não torná-la mais semanal, mas pontual.

Sempre que existirem novidades interessantes no site, vou aparecer por aqui listando os principais jogos e o período em que eles entraram por lá, por isso este aqui se trata do primeiro volume de jogos! Espero que gostem dessa reformulação e bora conhecer os jogos!

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

7 (Quase) RPGs Estratégicos que Você Deveria Conhecer



E aqui estou com a terceira parte dessa série de RPGs estratégicos que todos amam. Desta vez, eu destaco mais (quase) 7 jogos, muitos deles desconhecidos da maioria do público, para que conheçam, joguem e apreciem este belo segmento do gênero de RPG. Espero que todos apreciem e, principalmente, vão atrás dos jogos e joguem de fato, pois valem muito a pena (ok, talvez alguns nem tanto assim).

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Especial 9 Anos - 30 Jogos pra Conhecer do Game Boy Advance



Apesar de todos os obstáculos que este que vos escreve enfrentou nesses 9 anos de Shugames, aqui estamos para mais um aniversário, comemorando 9 aninhos de muita pesquisa, alegrias, tristezas, descobertas e conhecimento. Como todo aniversário do blog, eu me dou um presente e lhes dou um presente, fazendo uma lista grande de jogos que pouca gente conhece pra algum sistema. Ano passado foi a vez do PC-Engine, com 70 jogos pro sistema. Neste ano, resolvi pegar um portátil e escolhido da vez foi o Game Boy Advance.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Jackal (NES)


Antes de voltar com o blog, eu venho tentando imaginar um tipo de texto sobre jogos que evidencie realmente a minha experiência com o mesmo. Ao invés de um review normal, praticamente padronizado como vinha sendo feito, vou deixar as coisas mais leves e um pouco mais pessoal por aqui. Jackal é a primeira experiência nesse novo formato, que ainda conta com o tradicional resumão no final da matéria. Espero que todos apreciem!

Jackal, assim como muitos jogos também do Nintendinho, foi uma grata surpresa pra mim. Como eu nunca tive um NES ou clone dele da época, muitos jogos são verdadeiras descobertas arqueológicas na minha concepção. Em se tratando de Jackal, entretanto, a versão de NES é uma conversão (bastante competente) da versão original para Arcades, lançada em 1986 e que também era conhecida com o nome de Top Gunner.

A Konami lançou o jogo também em várias outras plataformas, inclusive em versões mais modernas para celulares chineses, mas nenhuma delas é tão bem lembrada como a versão clássica do Nintendo 8 bits, que é a versão tratada neste texto.

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Retroachievements da Semana (Vol 1)



Há algum tempo eu venho desenvolvendo essa idéia, de toda semana (que assim seja) colocar uma lista aqui no blog de jogos principais que ganharam sets de conquistas no site Retroachievements. Assim, os que frequentam o blog e gostam de jogar por lá ficarão por dentro das novidades da semana. É um meio de informar as novidades que vão acontecendo por lá e também me manter ativo por aqui. Espero que gostem!

terça-feira, 5 de junho de 2018

Especial: 5 Franquias da Sega no Game Boy Advance



Acredito que seja de conhecimento da maioria que, no GBA, a Sega acabou "re-encontrando" um bom espaço para reviver algumas de suas lendárias franquias, seja com continuações ou com simplesmente "remakes" disfarçados. Podemos até mesmo considerar o "lado B" de alguns jogos, como vou citar mais abaixo. Acontece que, com a potência maior do portátil da Nintendo naquela época, ela conseguiu explorar melhor algumas franquias e dar à elas um destino mais adequado, mesmo que, em alguns casos, era melhor nem ter feito nada mesmo. Ainda assim, é curioso ver jogos como Revenge of Shinobi completamente diferente do original, apesar de manter o mesmo nome.

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Sacudindo a poeira...


Era uma terça feira, dia 24 de Outubro de 2017 e eu mal podia imaginar tudo que aconteceria comigo até hoje. Tantas coisas, tantos pensamentos, tantas perdas, reviravoltas e também coisas boas, claro. Enfim, o penúltimo texto postado neste blog encerra uma fase do mesmo, um período, ou, como muitos denominam, encerra-se um capítulo. Não querendo trazer o tom de despedida, mas de renovação, lhes trago uma atualização no blog que demorou para ser escrita, pois eu relutei muito em voltar às atividades por aqui.

Passei por um período de muitas turbulências, uma quase depressão e um desânimo tão grande que por meses eu sequer acessei o blog. Por um longo tempo eu me dediquei exclusivamente, no que diz respeito ao assunto deste blog, a jogar apenas.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Pergaminhos do Cosmão Vol. 4 - O Sentido da Jogatina




Qual o sentido de se jogar videogame? O que você busca quando aperta o power ou enquanto programa aquela jogatina, naquele tempo livre tão escasso nos dias de hoje? Se superar? Passar o tempo? Desligar-se do mundo real? Relaxar? Ou apenas se divertir? E no que está baseada essa diversão? No jogo escolhido ou no que a jogatina em si representa para você?

Quando se é jovem, talvez essa seja uma resposta mais fácil de ser alcançada. Mas, quando já se acumula uma boa idade, com compromissos minando cada vez mais seu tempo livre, é preciso refletir sobre tal questão que envolve nosso hobby preferido: jogar videogame.

Embora o assunto tratado aqui tenha em vista a jogatina retrô (seja emulada ou no sistema original - tanto faz no final das contas), também pode ser extendido para jogatinas em consoles mais modernos e novos. Afinal, a diversão precisa sempre prevalecer? Ou apenas proporcionar um momento de desligamento do mundo externo? E esse é o ponto central de tudo e é o assunto que resolvi trazer hoje para mais um pergaminho...

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

NostalDia das Crianças - Kirby Epic Yarn


Quando não temos um determinado console, é natural ver alguns jogos e praticamente guardar na memória alguma coisa dele que te acaba marcando. E, neste ano de 2017, eu pude realizar o sonho de ter um Nintendo Wii. Sim, já fui muito crítico do Wii na época de seu lançamento, mas, ao longo dos anos, é nítido ver que alguns títulos para o pequeno console da Nintendo tem um potencial enorme para te encantar. E foi assim, dessa forma mesmo, que imaginei que Kirby Epic Yarn fosse, desde quando vi as primeiras telas em alguma matéria, sobre alguma E3 da vida

Hoje, aproveitando este grande evento criado pelo ilustríssimo Yoz, o NostalDia das Crianças, pretendo contar um pouco a minha história com esse jogo, além de relatar também como foi a experiência do meu pequeno filho de 5 anos que jogou ele por inteiro. Espero que todos apreciem, pois, apesar de um visual fofinho, Kirby Epic Yarn esconde uma experiência tão prazerosa com videogames que fica difícil de listá-lo ao lado de outras obras. E é engraçado, pois é justamente o que eu imaginava dele assim que o vi pela primeira vez...

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Hacks & Traduções - Volume III



Escrever sobre hacks interessantes e traduções aqui no blog está sendo uma experiência muito gratificante. Além de poder mostrar à vocês boas versões de ótimos jogos, além das traduções, eu também acabo conhecendo muita coisa que pode ser agregada às minhas jogatinas. Pois bem, o terceiro volume já está prontinho e aqui estou eu trazendo à vocês, mais 6 jogos, três traduções e três hacks bem interessantes que todos deveriam ao menos experimentar. Como de praxe, todos tem links para download dos IPS e o tutorial de como aplicá-los se encontra neste link aqui > Aplicando Patchs.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

NostalDia das Crianças! Participe você também!


Como alguns já estão sabendo, o Yoz, do blog Gamer Desconstrutor, está promovendo uma corrente muito criativa sobre o Dia das Crianças. Nela, produtores de conteúdo em blogs ou canais do Youtube podem participar indicando jogos para crianças de até 12 anos, sejam jogos criativos, sejam jogos simples, básicos ou que tragam consigo alguma carga emocional interessante. Achei uma proposta muito boa e vou participar, mas espero que todos vocês que me seguem e que possuem blogs ou canais, participem também.

A idéia é juntar uma galera, seja das antigas ou seja das atuais, para, além de divulgação de links, promover um encontro de matérias interessantes. Acredito que, além de muitas informações, vamos acabar descobrindo muitos jogos interessantes tanto para nossos filhos/sobrinhos/netos/enteados, quanto para nós mesmos. Eu mesmo estou participando e já deixei pronto o meu texto sobre um jogo muito especial pra mim. 

Conto com a participação de vocês e gostaria muito de vê-los nesta corrente tão sadia e criativa! As informações sobre tudo vocês encontram no blog dele, o Gamer Desconstrutor, ou neste vídeo aqui:




Até mais!

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Gunple: Gunman's Proof (Super Famicom)


É até difícil de se encontrar, na internet,, informações concretas sobre a produtora Lenar, que produziu um dos jogos mais simples e divertidos que descobri recentemente: Gunple Gunman's Proof (também chamado de Ganpuru Gunman's Proof), para o Super Famicom. Até onde se sabe, Lenar também produziu mais dois jogos: Birk Week, para o Famicom e Mercenary Force, para o Game Boy. Ambos os jogos tem pouca ou nenhuma característica em relação ao Gunman's Proof, mas fica como curiosidade.

Nesta terceira produção da empresa, o estilo gráfico usado foi bastante inspirado em The Legend of Zelda: A Link to the Past. Desde o sistema de mapas, seja o world map ou em dungeons, até mesmo a locomoção do personagem, cidades e interiores de casas, tudo lembra bastante o jogo da Nintendo. Mas, as semelhanças acabam por aí.

Gunman's Proof tem uma sólida campanha de jogo, com grande ênfase em armas de fogo, inimigos e evolução do personagem, diferente de Link, que fazia mais uso de ferramentas para avançar na jornada. E é baseando-me nessas diferenças que pretendo descrever esse jogo um tanto desconhecido para vocês neste pequeno relato.