sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Kick Master (NES)


O reino de Lowrel foi atacado por inúmeros monstros enviados por Belzed, um poderoso e maléfico mago. O rei e rainha foram mortos e sua única filha, a princesa Silphee foi raptada. Toda a guarda real foi dizimada, exceto por um deles, chamado Macren. Levando consigo seu irmão Thonolan, que é um mestre em artes marciais, Macren segue em busca do resgate da princesa.

No meio do trajeto, acaba sendo morto por um enorme esqueleto. Antes de morrer, pede para que seu irmão siga a jornada e use toda sua técnica marcial baseada nos chutes para lhe vingar e destruir Belzed.

Sim amigos, nada de espadas, nada de escudos. Kick Master, como o próprio nome sugere, é um jogo de ação que envolve CHUTAR, CHUTAR MUITO! Esse curioso jogo da Taito saiu em 1991 exclusivamente para Nintendinho e, apesar de cair no esquecimento em meio à um mar de jogos do console, ele se consegue se destacar por trazer uma jogabilidade diferente, além de ser um jogo bem competente em vários quesitos.


Em Kick Master controlamos Thonolan, um mestre na arte marcial do chute, pelo qual treinou a vida inteira. O game lembra bastante o clássico da Tecmo pro mesmo console, Ninja Gaiden, principalmente no que diz respeito ao visual e ao level design. Lançado em 1992 pela Taito, o jogo não fez muito sucesso, pois saiu num período de transição, afinal, o Super NES já estava por ali faziam quase dois anos se considerarmos seu lançamento japonês. Mesmo assim, quem jogou Kick Master na época só tem boas lembranças do jogo... ou não.



O visual em Kick Master chama bastante atenção: é um jogo bem polido, com uma boa movimentação do personagem, cenários variados e numerosos, além de inimigos bem desenhados. O som acompanha o pacote, com boas músicas, nenhuma se destacando completamente, mas cumprindo seu papel no game.

Os efeitos sonoros seguem o padrão, com ruído característico do NES prevalecendo na maioria das vezes. Mas o que chama bastante atenção no game é a sua jogabilidade profunda, algo que desafia até mesmo os medalhões da época.

No game podemos evoluir nosso personagem coletando diversos tipos de itens. Eles vão desde corações para repor a vida, frascos que preenchem uma barra de MP e itens que dão diferentes valores de experiência ao nosso personagem. Diferente da maioria dos jogos da época, Kick Master possui, além a contagem de pontos comumente usada, a contagem de experiência.

Cada inimigo abatido dropa 3 itens no ar, sendo que, se você for bem habilidoso, consegue pegar no mínimo dois deles. Tais itens são sempre randômicos, mas geralmente são itens que dão experiência e enchem a barra de MP. Em algumas ocasiões brotam itens que dão uma vida, enchem sua energia ou então a diminuem, como é o caso da caveira. Para facilitar o entendimento, fiz uma pequena tabelinha dos itens que podem dropar dos inimigos:



Com toda essa variedade de itens pipocando na tela a cada inimigo abatido, muitos devem pensar que é uma bagunça escolher e coletar os itens. Aí entra o segundo ponto instigante de Kick Master: raramente você vai enfrentar vários inimigos de uma vez, o que acaba priorizando bastante o combate.

Em Kick Master você geralmente enfrenta um inimigo de cada vez, explorando seus pontos fracos de acordo com seus golpes. Thonolan pode chutar pra cima, pra frente, abaixado no chão e ainda saltar bem alto e chutar pra cima durante o salto. Conforme você avança no game ganhando experiência, Thonolan vai evoluindo e ganhando novos golpes. São 7 os levels que se pode subir em Kick Master, listados abaixo:

Level 0: o começo de tudo, Thonolan pode chutar pra cima, pra frente e abaixado;
Level 1: já permite usar os joelhos enquanto estiver caindo, apertando o direcional pra baixo pra cair sobre os inimigos;
Level 2: aqui Thonolan aprende a rasteira deslizante, bastando apertar na direção desejada + para baixo e o botão de ataque;
Level 3: permite usar o chute duplo, apertando pra cima + alguma direção + ataque. É um dos ataques mais fortes de Thonolan e meio complicado de se executar;
Level 4: a giratória ganha nesse level substitui o chute normal, dando a Thonolan a habilidade de chutar várias vezes no mesmo lugar;
Level 5: chute voador, executado com algum direcional pra esquerda ou direita + pulo + ataque. Thonolan voa para a direção aplicando um chute, ótimo para transpor buracos onde saltar não é adequado devido ao teto baixo. Esse comando pode inclusive ser executado várias vezes, caso você pegue o timming correto;
Level 6: o chute duplo borboleta substitui a giratória, se tornando o ataque padrão de Thonolan estando parado;
Level 7: uma espécie de cambalhota no ar, que substitui o chute pra cima inicial;


Todos esses tipos de chutes podem ser facilmente visualizados na opção OPTIONS, DEMO OF KICKS, sendo que os dois últimos não são mostrados nem sequer explicados direito. Para descobrí-los na época, somente testando comandos à ermo ou então lendo o manual do jogo, que explica tudo (até mesmo dá dicas de passagens secretas, acesse-o aqui.



Além de toda essa profundidade com relação à itens diferentes e ataques que podemos ganhar ao evoluir, Kick Master ainda nos presenteia com 12 magias diferentes, que podem ser encontradas escondidas nas fases ou então ganhas nas batalhas contra chefes. Cada uma delas é executada apertando-se o botão SELECT após selecioná-la no menu PAUSE. Cada magia gasta uma certa quantidade de MP e tem um diferente efeito:

Boucing Bulb: Gasta 3 MP e permite que Thonolan use uma bola de energia para atacar os inimigos. Essa esfera pode ser usada para frente, para trás e para cima, além de quicar em paredes e tetos;

Life Up 1: custa 60 MP e enche duas barras da sua vida;

Magic Boots: custa 20 MP e te permite andar sobre espinhos por um pequeno período de tempo. É uma magia um tanto quanto inútil, já que a maioria desses obstáculos pode ser evitada;

Twin Power: por 20 MP, Thonolan pode criar um clone dele que atrai os inimigos por um curto período de tempo;

?? Magic: custa apenas 1 MP e não se sabe ao certo seu efeito. Em alguns lugares eu li que essa magia revela itens escondidos no cenário, mas não encontrei nada de concreto sobre ela;

Lightining Spirit: Thonolan invoca o espírito do raio, que faz uma espécie de barreira no herói. Não é muito útil para ataque, mas é uma boa opção para se defender. Custa 20 MP;

Life Up 2: mesmo efeito da Life Up 1, dessa vez curando 4 barras de energia ao custo de 90 MP;

Pulse Wave Spirit: gastando apenas 5 MP, é praticamente um upgrade para a Boucing Bulb, soltando uma onda de energia até três vezes seguidas;

Whip Lightining: custa 30 MP e funciona como um upgrade da Lightining Spirit, atacando quase a tela inteira. É uma magia que tem seu melhor uso se concentrada num inimigo só;

Force Shield: ao gasto de 30 MP, Thonolan consegue uma proteção extra contra os inimigos. Observe que o Force Shield não anula o dano, apenas o diminui e a magia se desfaz caso você selecione outra no menu PAUSA;
Harpy Wings: gasta 10 MP por segundo (!), mas te permite voar pelo cenário. Como dica, use-a apenas em caso de extrema necessidade (uma vidinha dando sopa em algum lugar no alto, por exemplo);
Earthquake: custa 20 MP e congela todos os inimigos da tela por cerca de 10 segundos! É uma ótima magia inclusive contra chefes e naturalmente você só encontra ela bem perto do final do jogo;

Como podem notar, Kick Master vai muito além de um simples jogo de aventura comum daquela época. Ele tem uma ótima profundidade nos golpes, aprendidos através da experiência adquirida no jogo, magias interessantes ganhas explorando o cenário ou derrotando chefes e ainda uma dificuldade que exige do jogador conhecimento para poder transpor seus desafios. Saber como bater em cada inimigo, prever ataques e fazer um bom uso das magias na hora certa constituem o essencial para se dar bem em Kick Master.



O game é bem longo e bem por isso conta com password a cada estágio vencido. Outra curiosidade que a tela de password mostra, além do código, são as magias ganhas naquele estágio. Se por acaso faltou alguma, um dos espaços estará em branco, o que te motiva a rejogar o game pra achar a magia restante.

Kick Master une o necessário para trazer uma experiência consistente de jogo: uma boa exploração de cenário, variedade de golpes/magias, um visual interessante e uma boa dose de dificuldade, afinal, estamos falando dos 8 bits da Nintendo. Chegar ao fim de Kick Master não é uma tarefa nem um pouco fácil e te obrigará a aprender as minúscias dos chutes de Thonolan se quiser avançar aqui.

Resumão:
+ visual bem bacana e um design no mínimo interessante;
+ dificuldade alta mas não impossível e punitiva ao extremo;
+ boa variedade de magias e golpes, com profundas mudanças no gameplay;
+ possibilidade de evolução, o que adiciona estratégia ao matar mais e mais inimigos;
+ sistema interessante de drop de itens, que te obriga a ficar atento ao jogo 100% do tempo;
- podia ter melhores músicas;

Final Score: 8.5

8 comentários:

  1. Realmente ele é bem acabado, o NES no final de vida rendeu muita coisa boa. Desde aquelas plataformas com personagens SD quanto esses mais de ação.

    ResponderExcluir
  2. Caramba.Kick Master parece ser bem mais denso do que aparenta.Eu adoro esta coisa de ir aprendendo golpes durante a escalada das fases e essa quantidade de ítens disponível tbm é um forte indício que o jogo está longe de ser monótono.
    A primeira coisa que faço depois de ler posts assim é pular pra minha pasta de roms kkkkkkkkkkk é hora de jogar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O game é, digamos, "delicioso" nesse quesito profundidade realmente. É daqueles jogos pra você, ao chegar em casa do trabalho, cansado, tomar um banho, ligar o PC com o emulador (ou se tiver um NES com o cartucho) e relaxar jogando. Não é extremamente punitivo, mas exige atenção, o que torna recompensadora a jogatina.

      Excluir
  3. Deve ser muito maneiro esse jogo viu com belos gráficos e com bastante variação de magias vou adicionar esse ai na minha lista de jogos a jogar.

    ResponderExcluir
  4. O dia que eu resolver recuperar a infância perdida e encarar os jogos de NES, esse vai entrar pra lista... vou chutar o traseiro de todo mundo!
    Interessante o lance de poder equipar itens mais a parte de experiência, sempre gostei de jogos assim!
    Ainda com o fator "dificuldade de NES"... tudo fica mais atrativo com certeza!
    Muito boa a dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E põe "dificuldade nes" nisso amigo caduco hehehehe!

      Excluir
  5. Respostas
    1. Obrigado José Augusto, seja bem vindo :D

      Excluir