domingo, 13 de dezembro de 2009

Pit Fighter

Produtora: Tengen
Lançamento: 1991
Gênero: Luta Versus
1-2 Jogadores

Junte 3 lutadores com técnicas diferentes pra bater num bando de caras esteriotipados em arenas de rua, onde a própria torcida cerca os dois briguentos e pronto: temos Pit Fighter.

Controlando Ty, manjador de kickboxing, Kato, o faixa preta com socos na velocidade da luz ou Buzz,o wrestler suado que adora agarrar todo mundo e jogar pra cima, temos a sublime missão de.................de..............aham, temos o objetivo de ganhar uma grana, comprar um carango importado e sair pra curtir a vida.

Eu sei, o enredo não é digno de oscar, mas qual filme de luta da época tinha um enredo elaborado ? Não existia motivos pra sair espancando todo mundo, ou era por grana ou era por status. E, convenhamos: talvez fosse por isso que os games da época são tão bons de se jogar.......ou não.

Pit Fighter é basicamente um jogo de luta, onde se bate em um ou mais inimigos na arena, enquanto tenta se manter vivo e LONGE da platéia àvida por SANGUE. Pois é, experimente

chegar perto da platéia e vai voltar mais espancado do que se tivesse chamado o inimigo de viado com um megafone.

Além de bater gratuitamente nos lutadores, a platéia também é responsável por jogar objetos que podem ser usados como armas letais na arena, como facas, por exemplo.

Como cada lutador tem uma técnica diferente, o ideal é usar os 3 e ver qual melhor se encaixa no seu estilo. Na minha opinião, Ty é o melhor, seu chute especial (com os 3 botões juntos) é capaz, além de mandar longe o inimigo, arrancar bons pontos de vida do mesmo.

Kato é rápido, mas sua defesa é bem fraca. Agora, o Buzz....bom, o Buzz serve bem como saco de pancadas do jogo.

O jogo conta com gráficos bacanas, os personagens são pessoas de verdade digitalizadas, como em Mortal Kombat. Isso, além de gerar risadas infinitas hoje em dia, dá um charme realista ao game. O sons também são bacanas, com vários berros, barulhos de socos, chutes e voadoras pra todo lado, além da torcida que insiste em bater nos lutadores caso algum se aproxime dela.


Os inimigos são bem variados, indo desde metaleiros até mulheres, passando por um negão de tênis, um doido motoqueiro e os inesquecíveis BEBEZÕES, uns marmanjos de 2 metros de altura vestindo apenas shorts com correntes no corpo.

Vale lembrar que estes são uma espécie de chefe do game, apelando de formas criativas com suas correntes e golpes. E nem preciso mencionar a batalha contra 2 deles, juntos. Sim, dois gigantes de 2 metros juntos pra te espancar até morte. Ainda bem que Buzz é gordinho e aguenta bem as pancadas....


Pit Fighter recebeu inúmeras conversões. Nascido nos arcades, a versão portada pro Mega Drive é uma das melhores, conservando bons gráficos, efeitos sonoros e uma jogabilidade bem firme. Devo dizer também que o modo 2 jogadores coloca os dois pra bater nos inimigos juntos e, em intervalos de 2 lutas, os dois disputam entre si omelhor de 3 quedas, tudo em nome do santo dinheirinho.

O melhor: juntar um amigo e bater pra valer nos bebezões;
O pior: estar sozinho enquanto os dois bebezões sodomizam seu pobre lutador;
Buzz: o saco de pancadas oficial do jogo !

NOTA: 8

NEXT - Addams Family Values

17 comentários:

  1. Nossa esse jogo rendia vários campeonatos aqui em casa..O negócio era ver quem ganhava mais grana no modo 2 players !

    ResponderExcluir
  2. O do mega até que dá pro gasto, principalmente se compararmos com a horrenda versão de Snes.
    Mas o arcade é de longe superior a esta.

    Repare o chefe falando entre as fases é impossível entender, parece que ele está escarrando.

    ResponderExcluir
  3. @9volt
    TRUE! O carecão bombado que fala algo inaudível (GRUHRHGHU), era motivo de risadas na época !

    ResponderExcluir
  4. Hahahhahahaha, eu também dava risada do último chefe tentando falar algo XD . É claro que a versão do Mega Drive tem seu charme, mas fico imaginando como seria um port (bem feito) de Pit Fighter quando o console estivesse maduro, acredito que colocariam bonecos maiores, quiçá um multiplayer de 3 jogadores :) .

    Pior eram os arcades bugados, meu irmão chegou na fase da mulher e a máquina paulou :S . Tempos depois joguei a versão bugada no Mame.

    ResponderExcluir
  5. Pit Fighter é um game meio "toscão", mas mesmo assim diverte. A versão original é a mais jogável de todas, sem sombra de dúvidas, mas a do Mega também dá pro gasto...

    ResponderExcluir
  6. Cara, esse jogo é um ASCO!!! kkkk

    E aí, Cosmão...que me diz de uma análise do Cyborg Justice do Mega Drive?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. @nesbitt

    Vai pintar por aqui em breve, pode apostar !

    ResponderExcluir
  8. Já jogaram a versão de SMS?
    É a pior e mais simples de todas

    ResponderExcluir
  9. @Talude
    AEee, fazia tempo que não te via por aqui em, Talude ??
    Ainda não joguei a versão do Master, mas já fiquei com medo só de vc falar dela auehauheauhau !

    ResponderExcluir
  10. Agradeça ao Orákio, Cosmão :)
    Nessas férias da faculdade estou lendo vários blogs de games. Umas imagens do Pit Fighter (SMS): http://smspower.org/db/pitfight.shtml

    ResponderExcluir
  11. @Talude
    Até que a versão do Master não é tão ruim visualmente....Claro, tirando o fato de na torcida só ter uns 4 candangos.....
    Só pelas imagens já dá pra imaginar o controle PEDRA do jogo.....

    ResponderExcluir
  12. Um clássico que era mesmo uma loucura!

    ResponderExcluir
  13. Acabei de jogar por um tempo considerável a versão de Lynx. Os gráficos são lindos e só, como a maioria dos jogos de Lynx -.- .

    ResponderExcluir
  14. @ANTIDEUS
    Vou pesquisar sobre a emulação do Lynx, nunca emulei esse sistema aqui..

    ResponderExcluir
  15. É, essa versão do Master é mesmo um desastre ambulante...

    Esse Pit Fighter nunca fez muito a minha praia. Tirando os gráficos, que para a época eram fantásticos, o jogo nunca me atraiu.

    ResponderExcluir
  16. Foi um dos primeiros jogos que joguei no Mega Drive, afinal veio junto com o console rsrs. De qualquer maneira bateu uma saudade tão grande que tô indo jogar rsrs.
    Abraços

    ResponderExcluir