quinta-feira, 7 de julho de 2011

Especial Saudades: Os Jogos que Deveriam Voltar - Parte 4


Os mais esquecidos / 8 bits

A quarta parte do especial mostra os jogos mais esquecidos dos 8 bits. Isso significa que teremos uma dedicada aos 16 bits, mas, por enquanto, vamos ficar com essas verdadeiras relíquias. Alguns mal conseguiram sair do primeiro jogo e, quando saíram, morreram logo em seguida! Espero que gostem!



Black Belt


Antes que digam, eu sei que o jogo é baseado no famoso mangá Hokuto no Ken. Mas, que seria bacana ver uma continuação, isso seria e muito! Black Belt foi lançado no Japão em uma versão diferente, que podemos, na pior das hipóteses, considerar como uma versão paralela, pois as cores e personagens são todos diferentes. Mesmo assim, eu ainda gostaria de ver uma capinha com o nome Black Belt 2, mas entendo que seria surreal demais.

Choplifter


Todo mundo que teve um Master System jogou Choplifter. E todo mundo que jogou Choplifter arrancou os cabelos de raiva da terceira fase, dentro da caverna. Bons tempos, bons tempos... Os criadores da franquia, Dan Gorlin Productions, que mais tarde a vendeu para Bean Software, lançaram versões para Arcades, Master System, NES e culminaram em Choplifter 3 para SNES. Atualmente, saiu uma versão para as redes online XBLA e PSN, toda refeita com novos gráficos, mas ainda permanecendo o estilo antigo, de salvar reféns enquanto tenta se manter inteiro. Muito bacana tudo isso, mas uma versão em disco lotada de fases seria um destino mais digno desse jogo que fez muitos fãs na época.

Power Blade


Powerblade foi uma franquia de relativo sucesso no NES. Com controles bons e uma história bacana, o jogo vingou e gerou uma continuação bastante melhorada, mas que ficou nisso apenas. Nova, o personagem principal, usava uma arma original, um bumerangue especial que podia ser melhorado, aumentando seu poder e alcance. Ou seja: potencial tinha, mas infelizmente morreu precocemente na segunda versão.

Kenseiden


Um samurai que fez frente à Ninja Gaiden. Um samurai que lutou para recuperar os 5 pergaminhos roubados por ninguém menos que Oda Nobunaga. Um samurai totalmente esquecido no tempo, à não ser pelos fiéis jogadores velhos que ainda apreciam a arte de Hayate em eliminar desde bichinhos de jardim até monstros que mais parecem uma roda de carroça pegando fogo (fogo azul, diga-se de passagem). Kenseiden deixou saudades e saber que não existe sequer nenhuma citação sobre ele após seu lançamento nos faz admirá-lo mais ainda...

Duck Tales


Como era bom jogar algo da Disney nos 8 bits! Jogos caprichados, com boa historinha, recheado de fases diferentes, cheias de segredos, eram um convite à exploração nas gloriosas tardes de sábado. Infelizmente, nenhum deles saiu dali, pro desespero dos fãs. Ducktales teve uma sequência bem bacana, com mais fases e com mais coisas pros jogadores procurarem. Um terceiro jogo foi até cogitado na época, mas a Capcom estava mais intere$$ada em lançar Megaman atrás de Megaman, deixando o pato pra trás...

12 comentários:

  1. Ah, num sei se sou eu quem joga muito 8bits, mas pra mim estes jogos não são esquecidos não...

    Pra mim são games obrigatórios.
    Kenseiden por exemplo tem uma particularidade bem interessante, o ninja de cabelos negros é na versão americana, na japonesa ele é loiro !!

    ResponderExcluir
  2. Esquecidos foi no sentido de que os criadores nunca mais tocaram neles, nem pra remake, relançamento, nem nada...

    ResponderExcluir
  3. Ultimamente eu ando concentrado no de 16bits da SEGA.
    Quem sabe não sai um especial sobre os Shining Force I e II e o In The Darkness. O problema é que não será publicado.

    ResponderExcluir
  4. @JF Souza
    Pq?? Manda lá no Gagá, faz tempo que não leio seus posts!

    ResponderExcluir
  5. Aqui estou eu devolta para te encher o saco meu amigo Cosmão.

    Choplifter??? Eu ainda tenho esse jogo em cartucho, veio junto com meu saudoso Master System II. Olha, eu zerei Ghosts 'n Goblins e mesmo assim acho que não tenho capacidade de zerar Chopfliter, ele não era difícil, era impossível!

    ResponderExcluir
  6. Caraca dentre esses títulos ai so´não joguei 1 que foi Chopliter mas os outros são uma obra de arte viu que me trás boas lembranças .

    ResponderExcluir
  7. Desses todos só joguei mesmo o Duck Tales no NES que adorava.

    O Kenseiden faz lembrar um jogo que jogava no Amiga mas não me consigo lembrar do nome.

    ResponderExcluir
  8. Black Belt 2 seria sensacional e surreal tb, concordo... mas Kenseiden, sem palavras. Como é que nunca pensaram numa continuação? Esse não podia ter sido esquecido assim tão fácil, jogo épico. Boa Cosmão, abraço!

    ResponderExcluir
  9. Confesso que não conheço alguns...Mas com certeza Black Belt e Duck Tales merecem...
    Mas dou atenção especial pro primeiro citado, até hoje jogo constantemente ele...principalmente pra aliviar o stress...fico vendo e revendo a finalização que o Ruy faz em cada boss *-*

    ResponderExcluir
  10. Epa...me referi ao RIKI
    Ryu é o boss final kkkkkkkkkkk!!

    ResponderExcluir
  11. Me manda um email que eu te "exprico".

    ResponderExcluir
  12. Eu também incluiria o jogo Sweet Home do NES. História bacana, gráficos legais ( 8-bits ) e uma boa jogabilidade. Uma mistura de RPG/Survivor Horror/Ação. Muito bom !

    ResponderExcluir