domingo, 10 de julho de 2011

Sonic Megamix, um belo hack do ouriço !


Sonic Megamix pode ser considerado um dos maiores projetos feitos por fãs do ouriço desde sempre. Baseado nos diversos games de Sonic e aproveitando efeitos, trilha sonoras e sprites de jogos antigos (e de outros sucessos da Sega também), a turma do Team Megamix criou esta bela obra, uma espécie de homenagem ao Sonic, com tudo o que ele tem direito e um pouco mais. Neste post vou mostrar as fases, os personagens e algumas minúcias do projeto, que ainda se mantém atualizado, contando com diversas versões e melhorias frequentes.


Sonic traçou uma grande trajetória na vida de muitos gamers. Desde pequeno, quando ganhei meu Master System, nos idos de 1991 (eu acho), Sonic vem fazendo parte da minha vida constantemente. Mesmo com o lançamento do Saturn e escassos jogos do personagem, eu sempre rejogava os antigos na coletânea Sonic Jam. Sonic tem esse poder de nunca soar ultrapassado, as versões criadas para Mega Drive se tornaram eternas devido à qualidade empregada ali. Desde Sonic 1 até Sonic & Knuckles, os jogos foram sendo melhorados e apresentando novas formas de interação, sempre visando agradar os fãs e mantê-los grudados na TV.

De uns tempos pra cá, a Sega vem, de fato, pisando na bola com seu maior símbolo. Tudo começou com Sonic Adventure, quando alguém lá da Sega teve a brilhante idéia de que Sonic deveria falar e interagir com humanos. Dali pra cá, o personagem só decaiu em qualidade, enquanto seu maior rival, Mario, estrelava jogos de extremo bom gosto, fruto das cabeças criativas da Nintendo. Mas não vou ficar criticando a Sega, pois hoje é dia de falar de um dos hacks mais famosos e completos já feitos.

Megamix reúne tudo de bom que a franquia já nos deu, incluindo algumas novidades de jogos mais recentes. Todas as fases são novas em design, mas aproveitam sprites e temas de todos os jogos do Mega Drive. Itens clássicos como os sapatos mágicos, os 10 anéis, o escudo protetor e a invencibilidade dividem espaço com os poderes introduzidos em Sonic 3. Tudo para formar uma salada deliciosa pra quem curte o principal personagem da Sega.

Mighty correndo em um looping, na Sunny Shores Zone

Além de toda uma gama de novas fases e itens, o jogo ainda nos presenteia com a possibilidade de jogar com 5 personagens distintos, todos com habilidades diferentes. O jogo ainda tem os famosos Special Stages com a temática do primeiro game, ou seja: aquele gira-gira infernal onde devemos guiar Sonic (ou qualquer outro personagem) por caminhos estreitos até achar a bendita esmeralda.

Knuckles, o eterno escalador da equipe

Em se tratando de gráficos, o jogo não faz feio. O game utiliza diversas mecânicas encontradas nos jogos do Sonic e ainda inventa algumas inéditas, como o impulsionador, que faz com que os personagens alcancem velocidades supersônicas instantâneamente ao passar por eles. Contudo, não há muita criatividade se comparado com os originais da Sega, visto que são somente reaproveitamentos de idéias anteriores. Mesmo assim, há de se creditar o entusiasmo dos criadores em reinventar tudo praticamente do zero.

todo cuidado é pouco na Misty Maze, ficar sem ar é fatal

O som é uma salada sem igual. Existem diversas músicas de todos os Sonics para Mega Drive, bem como incursões curiosas de trilhas de Moonwalker e até mesmo Ristar e Gunstar Heroes. Os efeitos sonoros acompanham a mistura e jogam barulhos de Streets of Rage, Beyond Oasis e muitos outros clássicos da Sega. O ponto negativo vai para a falta de uma identidade única, visto que nada, novamente, é original o bastante para isso. Outro ponto negativo vai pro efeito sonoro do pulo do Sonic, nunca gostei desse barulhinho oco, prefiro o salto cristalino dos primeiros Sonics.

Shadow em um Special Stage

Como eu mencionei no começo, são diversos os personagens que podem ser controlados. Alguns conferem habilidades úteis, outros unem a força com a rapidez e outros ainda podem, além de escalar, planar sobre as fases, como é o caso de Knuckles. Vamos à eles:

Mighty the Armadillo: o tatu apareceu no jogo próprio do Knuckles para 32X e nunca mais deu as caras. Nesse jogo, ele pode usar os escudos especiais do fogo/água/eletricidade como em Sonic 3, diferente dos outros personagens. Pode ainda acumular os três escudos e trocá-los quando bem quiser por uma certa quantia de anéis, apertando-se o botão A. Caso colete todas as esmeraldas, Mighty usa o poder dos três combinados para destruir todos os inimigos da tela, também ao custo de alguns anéis.


Sonic the Hedgehog: Sonic não pode usar seus poderes como usou em Sonic 3, mas eles ainda servem como proteção. Ganhou um movimento de corrida novo, apertando-se pra cima e botão de pulo e o Light Speedy Attack com o botão A, que mata quem estiver próximo em uma espécie de combo com saltos. Sonic ainda pode gastar alguns anéis para aumentar a velocidade (botão A) e, como Super Sonic, pode até planar por alguns segundos.



Knuckles the Echidna: um dos mais enfraquecidos, não possui nada de diferente do que foi visto em Sonic & Knuckles. Ainda pode escalar, planar e arrebentar paredes com uma facilidade tremenda. Tirando isso, é o mesmo personagem da década passada.



Shadow the Hedgehog: Shadow debuta em um jogo 2D em grande estilo, onde faz uso, principalmente, de seus sapatos supersônicos. Com o botão A é possível fazer uma infinidade de movimentos parecidos com Sonic, visando sempre a velocidade acima de tudo. Shadow pode ainda dar um salto duplo e também tem o Homing Attack idêntico ao de Sonic.




Miles Tails Prower: Tails continua do mesmo jeito, podendo voar por algum tempo e assim, alcançar lugares inalcançáveis pela maioria. Ganhou um ataque com a cauda, útil contra a maioria dos inimigos, inclusive Robotnik.



Sobre as fases, todas as zonas tem um design diferente, algumas mais criativas, outras mais chatas:

Sunny Shores Zone

• a primeira do zona do jogo, lembra um pouco Green Hill, mas é mais ensolarada. Loopings de alta velocidade estão espalhados por todo canto, bem como monitores de anéis e também com a cara do Robotnik (armadilhas). É uma das fases mais bonitas e simples do jogo, mas ainda preferia a Sunset Hill da última versão do Megamix.

Dark Fortress Zone

• aqui começam os problemas, a fase é muito irregular, com muitas idas e vindas em subterrâneos cheios de lava e espinhos. Inspirada em Marble Zone, culmina em um chefe que vem em duas formas, algo inédito e bastante criativo.

City Outskirts Zone

Spring Yard ganhou um novo formato e a música de Moonwalker de fundo. A fase é enorme e difícil. São rampas e mais rampas, com aqueles chatos inimigos que viram bolinha correndo por todo lado. O bom da fase é que ainda dá pra juntar anéis e tentar pegar alguma esmeralda que ficou pra trás...

Misty Maze Zone

• de longe, a mais bonita e original. É baseada na Labyrinth Zone, com a diferença de ocorrer durante o dia e fora da caverna, com um belo cenário ao fundo. Cheia de cachoeiras e quedas d'água, é uma fase fácil de se perder e de morrer sem ar. As partes submersas requerem um cuidado à mais, pois as bolhas de ar são bem escassas.

Starry Night Zone

• uma zona estranha, inspirada na Star Light, onde loopings de grande velocidade fazem uma participação maior. Os fossos são um verdadeiro inferno aqui, bem como os robôs que explodem e as ventoinhas que te empurram pro lado oposto. É uma das mais longas também.

Metallic Base Zone

• substituindo a Scrap Brain, temos a Metallic Base Zone. De longe, é a fase mais difícil e cheia de coisas pra te matar. É praticamente impossível terminar a fase com pelo menos 50 anéis pra disputar uma esmeralda aqui, se não tiver pego todas até a City Outskirts, esqueça e comece denovo.

The Final Fight

• é o chefe final, repeteco de Sonic 1. Como não peguei todas as esmeraldas, não sei se existem mais chefes depois desse, acredito que sim.

O game ainda conta com os modos Extra e Original. O modo Extra só é liberado após terminar uma vez no modo normal, e contém algumas coisinhas extras, como caixas com 50 anéis e mais estágios por zona (nota: os produtores dizem que esse modo ainda não está completo, podendo bugar o jogo). No Original, jogamos o Sonic 1 original, mas com qualquer personagem do Megamix.

a segunda forma de Robotnik em Dark Fortress

Dá pra concluir que Sonic Megamix ainda não é o hack definitivo de Sonic, mas caminha à passos largos para se tornar isso. É um jogo longo, sólido e com alguns problemas de design e bugs bestas (às vezes acontece de sair coisas estranhas da cápsula onde estão presos os bichinhos ou de ficar preso no cenário). Mesmo assim, são coisas que podem ser consertadas com o tempo, já que força de vontade os caras do Megamix Team provaram ter de sobra. À cada versão, eles incluem coisas novas, tanto é que tudo começou com uma rom de Mega e já estamos em uma ISO de Sega CD, tamanha a inclusão de objetos, cenários e personagens.

duas novidades juntas: o ataque com as caudas de Tails e o inimigo abatido deixando anéis

Sonic Megamix é um jogo bacana, dá pra se divertir muito tentando coletar as esmeraldas e terminar o jogo por completo, mas fique avisado desde já que o jogo não é nem um pouco fácil. Inimigos bem postados no cenário, além de espinhos e armadilhas podem fazer sua paciência ir pro ralo antes que imagine. Pra um game sem fins lucrativos, estão quase alcançando o objetivo, só precisam arrumar uma coisa ou outra.

Resumão:
+ uma boa gama de personagens diferenciados pra se jogar;
+ zonas novas, mesmo que aproveitadas de outros jogos;
+ movimentos novos para todos os personagens;
+ Special Bônus iguais do Sonic 1, mas totalmente modificados;
- falta uma boa limpeza de bugs gráficos;
- o design de algumas fases prejudica a jogatina;
- demasiadamente difícil nas fases finais;
- modo Extra ainda inacabado;

Final Score: 7

12 comentários:

  1. ja baixei, queimei, e joguei no meu sega cd de tampa *-*

    ResponderExcluir
  2. Que animão Cosmão tenho aqui no meu note uma versão legal também não sei se você ja´ouviu falar do Sonic Classic .Essa ai eu nem sabia que tinha vou baixar pra ver como é esse jogo continue postando novidades do ouriço .

    ResponderExcluir
  3. Só uma pequena correção, o Mighty apareceu também no obscuro SegaSonic the Hedgehog, jogo de arcade que usava uma Trackball e tinha o infame costume de não poder usar continues depois da luta contra Robotnick/Eggman (tem uma fuga da fortaleza dele).

    Outra correção é que há uma pequena diferença entre os homming attacks de Sonic e Shadow, enquanto o de Sonic, se não houver inimigos, ele impulsionará Sonic para frente, e o de Shadow, sairá um pulo duplo.

    Vou dizer que ainda prefiro a versão 3.0 (a última de Mega), apesar de que ela ainda tinha o modo original incompleto (após terminar a Dark Fortress com o Shadow, voltava a Tela título) e a batalha final se resumia a uma porrada no Robotnik.

    Uma curiosidade, é que há um dedo brasileiro nesse jogo. O desenhista Felipe Marcantonio também participa desse projeto, é só procurar por Yuski nos créditos, e o hack que serviu de base para a primeira versão de Megamix, Sonic Gaiden (que tinha Sonic e Mighty como selecionáveis) é de autoria do Yuski.

    Concluindo, aonde está meu blog nos parceiros? Sumiu! OMG WTF BBQ XD

    ResponderExcluir
  4. @anônimo
    Não sabia que dava pra fazer rodar assim, bacana.

    @aki é rock
    Esse Sonic Classic preciso pegar, todo mundo tá falando bem dele.

    @Kyo
    Duas boas correções, e ainda me lembrei que preciso fazer uma análise do Sonic dos arcades.

    Eu também prefiro a versão anterior à esta, a primeira fase é muito mais bacana e o visual continha menos bugs, me parece.

    Sobre o blog, já coloquei de volta nos parceiros, pois quando mexi no template da última vez, sumiu todos uahuahauhau! Aos poucos vou recolocando o blog da galera ali, é só irem me avisando!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Sonic Classic é um bom fangame que está em sua versão beta e terminável, Cosmão. Vale a pena baixar.

    Espero que apareçam novas novidades sobre Sonic Megamix na SAGE deste ano. Aquele hack de score attack do Sonic 1 e o Retro Sonic Nexus também são projetos espetaculares que andam sumidos mas certamente não foram descontinuados.

    ResponderExcluir
  6. Os fãs de Sonic conseguem fazer bons jogos. Melhores dos que os oficiais. Como isso?

    Será que a Sega nunca pensou em contratar esse pessoal, ou pelo menos "pegar emprestado" as suas ideias?

    Grande dica, Cosmão! Curti demais!

    ResponderExcluir
  7. @Hyper Emerson
    Vou atrás desse Sonic Classic e dos outros, com certeza!

    @Léo
    Valeu Léo! A Sega anda meio cega, mas vamos ver se ela se redime com o Generations.

    ResponderExcluir
  8. Caramba! Mas que post incrível sobre esse jogo.
    Zerei ele semana passada. Muito bom diga-se de passagem.

    ResponderExcluir
  9. Também não conhecia, bateu uma saudade do sonic agora... Vou procurar esse e o Sonic Classic também e matar saudade da infância. Ah o momento mágico em que liguei o Mega Drive a primeira vez e lá estava Sonic...rsrs
    Muito bom o post.

    ResponderExcluir
  10. ja tinha baixado essa rom hack e realmente e muito boa, zerei com o shadow, ae vc libera o modo extra em que da pra vc se transforma e as zonas vão ate 4, quando cheguei naquela que e a copia do labirinto, ainda tava incompleta ae parei por la.

    resumindo quem que jogar sonic,mas que ver novas fazes eu recomendo =)

    ResponderExcluir
  11. Eles poderiam fazer mais fases, e utilizar a ideia de escolher caminhos a seguir, igual Streets of Rage Remake e Golden Axe 3. Cada escolha no final de uma zona levaria para outra zona diferente.

    ResponderExcluir